sábado, 1 de outubro de 2011


Na Poltrona e no Divã

De maio a outubro, a Cinemateca Brasileira promove uma programação extensiva de encontros entre o cinema e a psicanálise por meio de um novo ciclo de projeções de filmes seguidas de debates com profissionais de grande destaque da arte e da cultura, mediados por psicanalistas. Em parceria com a FEPAL – Federação Psicanalítica da América Latina, com apoio da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP), da Folha de S. Paulo e da Universidade São Marcos, o evento tem coordenação de Leopold Nosek, presidente da FEPAL, e conta em sua comissão organizadora com a participação das psicanalistas Cintia Buschinelli, Magda Khouri e Silvana Rea. Com sessões realizadas sempre aos domingos, às 18h00, o ciclo se estende até outubro do próximo ano, como preparação para o Congresso Latinoamericano de Psicanálise da FEPAL, a ser realizado no segundo semestre de 2012. Por conta disso, os filmes e debates que compõem o ciclo se concentram em questões particulares do imaginário latino-americano.

Em agosto, a programação do CICLO inclui duas sessões especiais que também fazem parte de outros eventos em cartaz na Cinemateca: no dia 14, durante a V JORNADA BRASILEIRA DO CINEMA SILENCIOSO, uma sessão especial do raro filme silencioso colombiano Garras de ouro; no dia 28, como parte do XXII FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS DE SÃO PAULO, a sessão do longa-metragem experimental Feminino plural com a presença de sua realizadora, Vera de Figueiredo. No dia 03 de setembro, excepcionalmente, a programação transfere-se para o Auditório Sigmund Freud, na sede da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, com a exibição do documentário Lixo extraordinário.

Já a seleção de convidados para os debates reúne, entre outros, os jornalistas Marcelo Coelho, Manuel Da Costa Pinto e Alexandre Agabiti Fernandez, o cientista político André Singer, o historiador Boris Fausto, o designer Ronald Kapaz, a escritora e roteirista Sabina Azuantegui, os cineastas Aurélio Michiles e Vera de Figueiredo, o músico Arrigo Barnabé, o fotógrafo Cristiano Mascaro, o crítico de cinema e ensaísta Jean-Claude Bernardet, o crítico de arte Jorge Coli e o escritor Ruy Castro, além de diversos psiquiatras e psicanalistas vinculados à SBPSP.


CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207

próximo ao Metrô Vila Mariana

Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

www.cinemateca.gov.br

Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada) – algumas sessões em DVD têm ENTRADA FRANCA, quando indicado.

Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICANÁLISE DE SÃO PAULO

AUDITÓRIO SIGMUND FREUD

Av. Dr. Cardoso de Melo, 1450

Outras informações: (11) 2125-3777

Inscrições pelo e-mail: fabiana@sbpsp.org.br

www.sbpsp.org.br


Clique aqui para ver a programação dos filmes que serão exibidos na Cinemateca - veja a lista no site


Matéria publicada na Revista Veja São Paulo

(5 de Outubro de 2011):


Chega ás três últimas exibições na Cinemateca o Ciclo de Cinema e Psicanálise - América Latina sem Fronteiras. Realizadas em parceria com a Federação Psicanalítica da América Latina (FEPAL), a mostra tem por objetivo promover uma discussão com especialístas da área após a sessão. Neste domingo (2), o escritor Ruy Castro e o psicanalísta Leopold Nosek debatem o documentário Garrincha, alegria do Povo, de Joaquim Pedro de Andrade. No domingo (9) está programada a projeção do drama biográfico Frida, com Selma Hayek, seguida da apresentação do professor Eduardo PeñuelaCanizal com mediação de Ana Maria Andrade, analísta didatada Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. A sequência encerra-se no dia 16, com o terror nacional O Estranho Mundo de Zé do Caixão. As projeções ocorrem ás 18h e o ingresso custa 8 reais (fonte: Revista Veja São Paulo, pag204).


------------------------------------------------------

Nenhum comentário: